Covênios

Código:  Senha:  

JBS reativará unidade em Epitácio

Amplie a foto

Com Assessoria de Imprensa da PMPE/Marcos Tizziani

Após oito meses de negociações entre dirigentes do Grupo JBS, sindicatos da categoria, do Prefeito José Antônio Furlan, do vice-prefeito Mané da Brahma e representantes do Ministério Público, o frigorífico em Presidente Epitácio será reativado. Inicialmente, serão reabertos cerca de 650 postos de trabalho.

O governador Geraldo Alckmin estará no município na próxima quinta-feira (31) para uma solenidade no gabinete do prefeito José Antônio Furlan, às 9.00 horas e às 10h estará no anfiteatro João Brilhante Júnior na orla fluvial, onde anunciará a reativação do JBS Friboi.

Graças a um trabalho incansável do Prefeito Furlan, do vice-prefeito Manoel da Silva (Mané da Brahma), da Câmara Municipal de Presidente Epitácio, dos sindicatos, a reativação do frigorífico acontece após cobrança direta de Alckmin aos diretores da indústria de carnes. Em dezembro, foi aprovado um decreto, de autoria do Estado, que aumenta de 3% para 4% a devolução de créditos de ICMS do valor de produtos do setor oriundos de outros Estados.

O decreto foi uma resposta às reivindicações dos frigoríficos em relação a incentivos fiscais para o setor. No ano passado, quando anunciou o fechamento da unidade em Epitácio, o JBS alegou "ineficiência fiscal" de São Paulo para tomar a decisão.

"É uma grande conquista. Essa conversa vem de longa data. Eles [JBS] sempre evitaram entrar nas negociações. Não foi nada fácil", diz o deputado estadual, Mauro Bragato (PSDB), um dos interlocutores e baluartes desta empreitada, durante as negociações entre Estado e JBS.

O presidente do Sindicato da Alimentação de Presidente Prudente e Região, Carlúcio Gomes da Rocha, cita a interação entre os setores como fator para a reabertura da unidade. "É fruto de um trabalho em conjunto que envolveu não só o sindicato, como também os trabalhadores, o governador Geraldo Alckmin, o Ministério Público do Trabalho, o Prefeito José Antônio Furlan, o vice-prefeito Manoel da Silva, a Câmara Municipal e a comunidade de Presidente Epitácio, entre outros setores.

“A reabertura do JBS é uma vitória para os trabalhadores e suas famílias; um avanço em benefício da produção e geração de emprego, fatores que realmente promovem o desenvolvimento do nosso município e região", comemora o vice-prefeito Mané da Brahma.

O Prefeito Municipal José Antônio Furlan, o vice-prefeito Manoel da Silva (Mané da Brahma) e o Sindicato da Alimentação mobilizam os trabalhadores demitidos da unidade para uma concentração na quinta feira, (31) as 10 horas, em frente do anfiteatro João Brilhante Junior, na Orla Fluvial, para receber o Governador Geraldo Alckmin.

"A luta foi árdua, demorada, cheia de reviravoltas, com uma luta incansável e acirrada, por posições divergentes tanto do ponto de vista do Governo do Estado, como do sindicato e dos proprietários do JBS, porém, prevaleceram as posições que promovem o trabalho e a produção, em detrimento do ganho apenas do capital", pontua  Carlucio Rocha.

O Prefeito Furlan diz que em relação à demora para a reativação do frigorífico. "Estava demorando em reabrir. No fim do ano passado o Estado cumpriu sua parte com o decreto e o governador cobrou a reativação. Fomos várias vezes a São Paulo, Brasília e lutamos com todas as nossas forças. Agradeço os parceiros nesta luta, como o Tuta (que representou os funcionários demitidos), deputados estaduais,vereadores, sindicatos (Carlúcio Rocha), enfim todos que nos auxiliaram nesta conquista. A informação oficial que recebi é de que de início reativarão 650 empregos diretos. Isso representa muito em matéria de emprego. As coisas estão caminhando", diz Furlan.

“Finalmente conseguimos vencer esta batalha e a diretoria do JBS Friboi usando de bom senso resolveu reabrir o frigorifico em nossa cidade, anuncio que será feito oficialmente quinta feira, pelo Governador Geraldo Alckmin”, diz o prefeito José Antônio Furlan.



<< Voltar

Sophus Tecnologia